logistica-no-lancamento-da-apple-iphone12

Logística e sua importância no lançamento do iPhone 12 da Apple.

Esse pode parecer um assunto inusitado quando falamos em logística, porém, e se nós te falássemos que foi o principal fator para levar a maior empresa de smartphones do mundo a retirar os carregadores e fones de ouvidos do seu último lançamento? 

O que logística tem a ver com o novo iPhone? 

A resposta é tudo! A justificativa da empresa é em relação a preservação do meio ambiente do modo que, reduzindo a embalagem de um produto é possível transportar uma maior quantidade do mesmo, reduzindo a emissão de poluentes e outros materiais prejudiciais ao meio ambiente. 

De certo modo, a sua justificativa é totalmente plausível, pois sim, será possível transportar o dobro de produtos em uma só vez, mas o que ela não contou é que os custos logísticos para a distribuição global do produto também irá cair pela metade. 

Esse é um dos custos ocultos da logística e da roteirização, que impacta em toda a cadeia de suprimentos. Em uma empresa global como a Apple, você já conseguiu imaginar o quanto ela investe na distribuição dos seus dispositivos para todos os cantos do mundo? 

Pensar em uma forma de otimização de rotas resulta na economia de milhões de dólares, como no caso da Apple.

Além do planejamento logístico, temos diversos outros fatores como embalagem, experiência de usuário que são algumas etapas anteriores a distribuição final do produto, mas não menos importantes. 

Impacto econômico e ambiental 

Até agora abordamos os principais impactos econômicos para a empresa, é claro que o impacto ambiental também é enorme. 

Além dos gases poluentes emitidos pelos veículos como aviões e caminhões, estamos falando na redução e até eliminação do uso de alguns materiais, como o plástico. As novas embalagens possuem o mínimo de plástico em suas embalagens, tanto que a película protetora das telas passam a ser de papel a partir dessa linha. 

Outras marcas reagem a ação da Apple 

As redes sociais foram invadidas de comentários em relação ao posicionamento um tanto inusitado. Enquanto alguns usuários gostaram dessa mudança, outros nem tanto. Porém, deixamos esse debate para que você exponha a sua opinião nos comentários, pode ser? 

Outras fabricantes como a chinesa Xiaomi aproveitou o hype e anunciou que iria reduzir o uso em 60% do plástico utilizado em seus aparelhos e embalagens, mas, sem retirar os itens essenciais como carregadores e fones de ouvido.

Ou seja, para um futuro mais sustentável alinhado a uma linha de produção otimizada e econômica, nós temos o planejamento logístico como um dos principais fatores a serem considerados, desde a criação de um produto ou serviço até a fase de distribuição. 

Por mais que seja um assunto que quase ninguém acaba citando, o design thinking, experiência de usuário e o planejamento logístico podem serem determinantes quando falamos de economia e lucratividade, além de claro, do impacto ambiental que a sua empresa irá gerar. 

Gostou deste artigo? Fique ligado aqui no nosso Blog e em nossas redes sociais que estamos sempre abordando dicas e curiosidades do universo da tecnologia e logística! 

Deixe uma resposta